quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Resultado das eleições em São João del-Rei | Eleições 2012


Fonte: TSE
Passada a euforia das urnas, vamos a uma pretensa análise dos resultados em São João del-Rei.

Confirmando as pesquisas divulgadas pelo Partido dos Trabalhadores, o professor Helvécio Reis (PT) foi eleito com 28.744 votos, ou seja, 56,39% dos votos válidos contra 20.358 votos dados ao atual prefeito Nivaldo Andrade (39,94%) do PMDB e 1.871 votos dados ao Jordano do PSTU (3,67%).

Foi expressiva a votação do petista Helvécio Reis, primeiro porque o partido nunca governou a cidade. Segundo porque o candidato oponenente e atual prefeito tem um eleitorado cativo principalmente junto às camadas populares e, em terceiro lugar, por causa da aliança em torno do seu nome com o apoio ostensivo do governador Anastasia e do senador Aécio Neves. Com aparições na campanha do prefeito e prevendo uma derrota, quem sai mais ‘arranhado’ das eleições é o deputado estadual Rômulo Viegas, que abraçou a campanha do seu ex-desafeto político com todas as forças políticas e econômicas. Rômulo apostou como nunca todas as suas fichas nessas eleições em São João del-Rei. Seu futuro político e eleitoral que estava em jogo.

Outro fator importante é que o atual prefeito nunca tinha sido testado numa reeleição, pois seus mandatos sempre tiveram uma pausa (1992/1996 2000/2004 2008/2012). E sempre, ao final do mandato, saía desgastado, mas o sucessor não conseguia realizar um bom governo.

Entre 1996 e 2000, com o fraco governo de Carlos Braga, que foi cassado pela câmara dos vereadores, depois substituído pelo vice Fernando Vera Cruz, a cidade entendeu que era oportuna nova chance ao prefeito Nivaldo Andrade. 

Entre 2000 e 2004, Nivaldo, já com a Lei de Responsabilidade Fiscal em vigor, realizou um de seus piores mandados na avaliação geral com forte oposição tucana e petista na câmara dos vereadores. Saiu politicamente ‘morto’, mas o desastroso governo Sidinho o ressuscitou em 2008. E, durante os últimos quatro anos, tivemos mais do mesmo, sem inovações: asfalto e obras, obras e asfalto (mal feitos por sinal).

Nivaldo Andrade tentava seu quarto mandato na cidade, sempre criticado pelos tucanos e petistas que já tentaram governar juntos em 2004/2008 com Sidney Antonio de Sousa - Sidinho (PSDB) e Cristiano (PT), mas foi um governo tão desastroso que permitiu o retorno de Nivaldo nas eleições de 2008. Desastroso também pelos erros cometidos pelo prefeito à época que tinha a ‘faca e o queijo’ na mão para fazer o melhor governo que a cidade tivera até o momento.

Por fim, a força da militância petista não pode ser menosprezada nestas eleições. Trabalharam como nunca. Uma campanha limpa, sem ofensas e com toda a mídia local (Gazeta de São João del-Rei, TV Campos de Minas e Rádio São João del-Rei) a favor do candidato Nivaldo Andrade. O fator ‘novo’ do prefeito eleito também foi relevante: bom gestor, novo na política e próximo das pessoas.

Resta agora torcer para que o prefeito eleito Helvécio Reis possa apagar de vez da nossa história estes anos de desprezo com a histórica cidade, elevar a autoestima dos são-joanenses e realizar um governo democrático, participativo e popular.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro pelo conteúdo do blog, inclusive quanto a comentários. Portanto, não serão publicados comentários que firam a lei e a ética.

Por ser muito antigo, o quadro de comentários do blog ainda apresenta a opção "comentar anônimo" mas, com a mudança na legislação,

....... NÃO SERÃO PUBLICADOS COMENTÁRIOS DE ANÔNIMOS....