sexta-feira, 10 de outubro de 2008

SEMAD-SEMANA DE ADMINISTRAÇÃO


A SEMAD, semana de Administração na sua 13ª edição tem como tema Consultoria Empresarial: Finanças, Marketing e Gestão de Pessoas. As inscrições para o evento que já estão abertas e se encerram no dia 10 de outubro, podem ser realizadas no Hall da Fauf do Campus Santo Antônio nos dias 9 e 10 de outubro, das 19 às 22h, na sala 2.17 do CTan, de 15 a 22h e no IPTAN (Instituto Presidente Tancredo Neves), das 19 as 22h os dois últimos até dia 9. O participante pode optar por 4 pacotes de eventos que variam de 13 a 25 reais, e oscilam de 1 a sete eventos.
A semana que acontece de 13 à 17 de outubro no campus Santo Antônio da UFSJ, integrará os estudantes dos cursos de Administração do Instituto Presidente Tancredo Neves e da Federal de São João, que poderão discutir novas alternativas e tendências na administração. Os estudantes poderão participar de palestras, minicursos e mesas redondas com os professores da Universidade.
A palestra de abertura fica por conta de Paulo Henrique de Souza Leite, às 19h no Teatro do Campus Santo Antônio, e que falará sobre Gestão Competitiva de pequenas empresas.
A organização da semana é responsabilidade da Dinâmica Consultoria Júnior, do Centro Acadêmico de Administração da UFSJ, da Coordenadoria do Curso de Administração, com o apoio da UFSJ e do IPTAN.

Fonte: ASCOM-UFSJ

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Capital Brasileira da Cultura ganha TRATOR

"Tristeza! É com esse sentimento, uma profunda tristeza, que assisto a vitória do nosso novo prefeito, o trator. São João del-Rei, a terra onde os sinos falam, patrimônio cultural da humanidade, Capital da Cultura, será governada por quatro anos por um trator.

Dizem que cada povo tem o governante que merece. Talvez mereçamos um trator mesmo, essa máquina bruta que não pensa, que não sente, que não sabe falar, que não sabe refletir, essa máquina sem coração e sem cérebro. Mas, reconheçamos, este é um trator especial mesmo, afinal, ele colocou seres humanos no chinelo nessas eleições. Especial porque a tal máquina é muito bem programada para amansar o povo, esse povo que ele costuma dizer que era a sua razão para voltar. Ele amansa pela frente e devora por trás, com trocadilho, já desculpando-me pela deselegância. 

Mas o povo fica satisfeito, porque afinal de contas, ninguém está a fim mesmo de aprender a pescar. Que nada! Bom mesmo é ter um peixinho – ainda que de procedência desconhecida e duvidosa – nas mãos na hora da fome, ainda que isso lhe custe sua liberdade, sua autonomia. Resta-me dar adeus às possibilidades que teríamos de ver nossa cidade governada por gente decente. Resta-me dar adeus a planejamento, projetos, organização, transparência, gestão eficiente, e todos esses pequenos-grandes detalhes com que se preocupam gestores públicos sérios e comprometidos. Ah sim.... eles errariam, certamente, porque são humanos e erro é coisa de gente. Nisso não precisaremos nos preocupar, afinal. Porque só erra gente que faz ou tenta fazer alguma coisa. Trator não erra, no máximo enguiça e a culpa, Deus-nos-acuda, não vai ser dele mesmo".

AUTOR DESCONHECIDO

BALANÇO DAS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Terminada as eleições gostaria de fazer um balanço geral. No Brasil, o Partido dos Trabalhadores (PT), o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) foram os partidos que mais cresceram em número de prefeituras conquistadas. Já o PSDB, DEM e PPS foram os grandes derrotados no 1.º turno das eleições municipais de 2008, talvez por fazerem oposição “ferrenha” ao governo do Presidente Luiz Inácio LULA da Silva (PT) que obteve recentemente a maior aprovação do seu governo segundo IBOPE e DATA FOLHA.
Em números de reeleição, o PT foi o partido que obteve o maior número de prefeitos reeleitos (56%), o que mostra a aprovação do trabalho feito pelas administrações petistas. Foi o partido que elegeu o maior número de capitais no 1.º turno (6) e o que disputa o maior número de cidades no 2.º turno (15).
No caso da eleição para vereadores, os partidos que mais cresceram em números absolutos foram PSB (1124), PRB (775) E PT (487). Já os que mais perderam vereadores foram novamente PPS (-665), PSDB (-672) e DEM (-1647). Mais uma vez demonstra que a alta popularidade do Presidente LULA influiu na decisão dos eleitores nestas eleições.
Já em São João del-Rei, o candidato eleito foi o ex- prefeito Nivaldo José de Andrade (PMDB). Nivaldo que é muito criticado pelo que fez em administrações passadas (92-96/2000-2004), como suspeitas de irregularidades na contratação de pessoal, inadimplência da prefeitura, irregularidades nas compras de materiais, obras de má qualidade, etc; vem com uma postura diferente na suas primeiras falas como prefeito eleito. Segundo Nivaldo, todo o seu secretariado será composto por pessoas de São João del-Rei, não gastará mais do que arrecadar e fará tudo conforme manda a lei, principalmente e LRF (lei de responsabilidade fiscal). É esperar para ver!
O que podemos analisar com os resultados das eleições em nossa cidade foi que a população escolheu por uma política diferente da que hoje impera na cidade, sem imposição das decisões de “cima para baixo” e mostra que está insatisfeita com este governo, que teve tudo nas mãos para, pelo menos, governar bem a cidade.
Já, na câmara municipal, algo inédito aconteceu. Elegemos 05 mulheres para representarem a cidade pelos próximos 04 anos, além de renovarmos em 80 % o quadro de vereadores. Mostra-se com isso que a população que não estava satisfeita com o governo do Prefeito Sidinho (PSDB) refletiu sua votação também para a câmara. Resta-nos agora torcer para que façam um bom trabalho e fiscalizem o poder executivo em todas as suas ações!

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

Carta de dom Waldemar sobre as eleições...

Aproximando-se mais uma vez as eleições municipais, recomendo a todos os eleitores de São João del-Rei e outros municípios de nossa Diocese, refletir as orientações da CNBB sobre as eleições 2008 na Assembléia Geral (abril 2008).
Como fez o nosso Regional Minas Gerais e Espírito Santo, lembro com vocês que, a missão da Igreja é anunciar o Evangelho de Cristo, promovendo o Reino de Deus na defesa da Vida, desde a fecundação até seu fim natural.
Lamentamos a lentidão na melhoria de condições dos mais pobres e dos que sofrem para superar a miséria sem educação e sem saúde. Sabemos que política, exercida com honestidade e retidão, é uma forma sublime de exercer a caridade e todo cristão é chamado a assumir o momento eleitoral com seriedade, ajudando a discernir sobre a escolha de candidatos sérios e honestos para ajudar os irmãos e as comunidades. Votar bem é um dever e uma missão de cidadãos responsáveis, pois o voto não tem preço e sim conseqüências boas ou más. É preciso fazer valer a lei 9840/99, que define como crime a corrupção eleitoral, em vista do bem comum.
Cabe a nós, como Igreja de Jesus Cristo, cumprir a missão de denunciar o mal e as violações de direitos e exigir o respeito aos princípios éticos em favor do bem comum. Assim sendo, devemos preparar nossas comunidades e nossos leigos, para assumirem com responsabilidade a missão de evangelizar também o mundo da política.
Que a Virgem do Pilar nos abençoe e nos acompanhe na missão evangelizadora!
Dom Waldemar Chaves de Araújo
Bispo da Diocese de São João del-Rei.

Fonte: Site da Diocese de São João del-Rei

Está chegando a hora

Sanjoanenses, estamos a poucas horas das eleições municipais de 2008, na qual vamos escolher nossos futuros vereadores, vice-prefeito e prefeito para os próximos 04 anos! É chegada a hora de decidirmos pela candidatura que melhor representa a vontade popular e que tem mais condições de ganhar essas eleições. Chega de voltarmos ao passado com "políticos" que não têm compromisso com São João del-Rei! Chega de entregarmos a direção de nossa cidade nas mãos dos mesmos "grupos" políticos que sempre dominaram a política em nossa cidade! É hora de renovar a vida e a política em São João del-Rei! Dia 05, vote certo, vote consciente. Não venda seu voto! Não desperdice seu voto!